News
Você está aqui: Capa » NOTÍCIAS » Candidatos evangélicos começam a confirmar suas candidaturas

Candidatos evangélicos começam a confirmar suas candidaturas




Congresso Nacional pode ter número recorde de senadores e deputados federais evangélicos

Gauracy Júnior tentará uma vaga no Senado; Marisa Lobo, Abílio Santana e Vanilda Bordieri disputarão vagas na Câmara Federal

O número de candidatos evangélicos nas eleições de 2018 tende a ser maior que a quantidade de 2014, quando 345 pessoas utilizaram os títulos de “pastor”, “bispo” ou “missionário” em seus nomes para o cargo.

Ainda que a lista não esteja fechada, já é possível acompanhar a confirmação de nomes de líderes religiosos e personalidades fortes do meio evangélico para os cargos de deputados estaduais, federais e senadores.

Muitos deles tentarão a reeleição como é o caso do senador Magno Malta (PR-ES), o deputado federal Marco Feliciano (Podemos-SP), o deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), o deputado federal Roberto de Lucena (Podemos-SP), entre outros.

Mas há nomes novos na disputa, como é o caso do pastor Guaracy Júnior, da Igreja Quadrangular de Amapá, que é candidato ao Senado. Essa é a primeira vez que o líder religioso tentará um cargo eletivo e já aparece entre os preferidos ao posto.

Guaracy entende que o crescimento dos evangélicos na política é uma reação às ameaças que os cristãos estão sofrendo. “A família vem sendo atacada em todos os níveis e é importante que haja alguém para defender”, declarou ele ao JM Notícia.

Na visão do pastor, se os cristãos – evangélicos e católicos – não lutarem pelos seus direitos, quem irá lutar? Por isso ele cita a defesa da família, contra o aborto e contra a ideologia de gênero e outros projetos contrários aos ensinamentos cristãos que são seguidos por mais de 85% da população brasileira.

Foi exatamente este sentimento que levou a Bancada Evangélica a crescer 30% na Câmara Federal entre 2010 e 2014. Foram 93 parlamentares eleitos na eleição passada e a expectativa é que este número aumente para 150 nas eleições deste ano.

Entre os nomes novos que disputarão cargos no Congresso Nacional, além de Guaracy Júnior, podemos citar a cantora Vanilda Bordieri, também estreante na política, ela disputará uma vaga na Câmara Federal pelo PSL.

psicóloga Marisa Lobo, filiada ao Avante, tentará vaga de deputada federal pelo Paraná, levantando as bandeiras em defesa da vida, da família, contra a ideologia de gênero e favor do projeto Escola Sem Partido.

“O próprio STF estar discutindo hoje a legalização do aborto já mostra o quanto nós precisamos de políticos, principalmente de deputados evangélicos e parlamentares em gerais, porque são os deputados que fazem as leis”, declarou Marisa ao JM Notícia.

A psicóloga critica ainda os políticos que falam que são a favor da vida, mas não conseguiram se unir para impedir que ações como essa discutida no STF seja aprovada. “Os parlamentares estão lá para defender os nosso direitos, mas quando chegam lá são tomados pelo ego que parlamento oferece e se esquecem de lutar pela bandeira da vida”, disse ela. “As bandeiras da vida e da família só são lembradas por eles na época da eleição”, completa.

Na visão da pré-candidata, é hora de todos se unirem para defender essas bandeiras, independente de quem seja o autor, para que juntos aprovem projetos que beneficiam a população. “Hoje as parcerias são apenas midiáticas. Eu lancei meu nome como pré-candidata a deputada federal para lutar contra isso, apresentar projetos que vão ao encontro dos anseios da população e para apoiar os deputados que têm o mesmo pensamento, sem esta união nós não vamos conseguir absolutamente nada”, diz.

Marisa acredita que nesta eleição o povo evangélico conseguirá definir os políticos do segmento que realmente atuam representando seus eleitores. “Os bons parlamentares vão ficar, os maus vão sair. Os maus são os que usam as igrejas e quando chegam lá não sabem o que fazem. Os bons estão militando pela vida e pela família. Nós queremos nos unir aos bons”, afirmou.

A psicóloga pede lembra que enquanto os parlamentares cristãos estão calados, há grupos feministas e LGBTs se unindo para aprovar suas propostas. “Quando falamos em lutar pela vida e pela família, estamos lutando contra o marxismo cultural, o socialismo, o comunismo, estamos lutando em favor de valores que sustentam a sociedade”, completou.

pastor Abílio Santana se filiou ao PHS para disputar uma vaga na Câmara Federal. Ao JM Notícia, o pastor declarou que conta com o apoio da Convenção da Assembleia de Deus Madureira do Estado da Bahia. Na última eleição, ele obteve 34.124 votos, ficando na primeira suplência.

JM Notícias



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*